28.2 C
Brasil
quinta-feira, abril 22, 2021
Início Justiça TJMA – Corregedoria da Justiça presta atendimento pelo whatsapp

TJMA – Corregedoria da Justiça presta atendimento pelo whatsapp

A Corregedoria Geral da Justiça (CGJMA) adotou, nesta terça-feira, 10, o uso do aplicativo gratuito de mensagens por celular whatsapp, para comunicação direta do público com os seus setores administrativos. O atendimento foi centralizado no número (98) 3198-4600, do setor de Protocolo, que recebe os expedientes encaminhados à CGJ-MA.

Por meio do aplicativo, qualquer pessoa poderá entrar em contato com a Corregedoria, fazer solicitações e entrar em contato com o setor com o qual deseja falar, enviar texto, áudio ou imagens. De início, a demanda é respondida, automaticamente, quando se tratar de perguntas simples, como informações sobre endereços e contatos de comarcas, serventias extrajudiciais, certidões e setores administrativos. Caso a solicitação necessite de interação humana, será direcionada ao setor competente.

O serviço funciona 24 horas para recebimento de demandas para solicitações sobre informações que puderem ser prestadas pelo atendimento automatizado. E durante o horário comercial – de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h -, para demandas que exijam o auxílio humano.

As demandas de consultas a endereços e telefones de comarcas e serventias, por exemplo, poderão ser respondias de imediato, a qualquer hora. Já para interagir com algum servidor no setor desejado, somente no horário normal de expediente.

Na terça-feira, o assessor Antony Luso, graduado em Ciências da Computação, ministrou treinamento para cerca de vinte coordenadores setoriais para o uso do aplicativo, que já está recebendo solicitações do público. Todas as solicitações de atendimento registradas ficarão no histórico virtual do sistema, sob a administração da Assessoria de Informática, e poderá ser utilizado para consulta e levantamento estatístico acerca dos serviços mais demandados.

Segundo o assessor, a iniciativa de disponibilizar o atendimento por whatsapp surgiu dos trabalhos do ToadaLab, do Comitê de Gestão da Inovação do Poder Judiciário, responsável em elaborar e implementar o programa de gestão da inovação na Justiça estadual, que é coordenado pelos juízes André Bogéa e tem como integrante o juiz Ferdinando Serejo.

A versão comercial do aplicativo whatsapp business foi desenvolvido para atender às necessidades de pequenas empresas na comunicação com os clientes, podendo realizar atendimento automático, sem custos para o usuário, e de forma rápida e fácil. Segundo informações do Facebook, proprietário do aplicativo desde 2014, mais de dois bilhões de pessoas, em mais de 180 países, usam o whatsapp para troca de textos, fotos, vídeos, documentos e localização, além de chamadas de voz. As mensagens são protegidas por criptografia.

Fonte: TJMA
- Advertisment -

Popular

MP-RJ recorre decisão que anulou quebra de sigilo no caso das “rachadinhas”

O MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro) recorreu na 4ª feira (21.abr.2021) contra a decisão do ministro Jorge Mussi, vice-presidente do...

STF decide que processos de Lula vão para Justiça Federal do DF

Por maioria de votos, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, nesta 5ª feira (22.abr.2021), que os processos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva...

Ao vivo: STF retoma julgamento sobre anulação das condenações de Lula

O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) continua, nesta 5ª feira (22.abr.2021) o julgamento que confirmou a anulação das condenações do ex-presidente Lula.Falta analisar um...

Receita Federal publica novas regras sobre documentos digitais

Instrução normativa dispõe sobre a entrega de documentos e a interação eletrônica em processos digitais e simplifica procedimentos. A Receita Federal publicou na última terça-feira...