24.1 C
Brasil
quinta-feira, abril 15, 2021
Início Justiça STJ mantém Fabrício Queiroz em prisão domiciliar

STJ mantém Fabrício Queiroz em prisão domiciliar

A 5ª Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu, nesta 3ª feira (16.mar.2021), pela soltura de Fabrício Queiroz e da mulher, Márcia Aguiar. No entanto, ambos devem permanecer em prisão domiciliar.

Queiroz foi assessor do senador Flávio Bolsonaro quando ele era deputado estadual na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro). Ele e a mulher são investigados por suposta participação em esquema de rachadinhas. Entenda todo o caso aqui.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

O ex-policial militar foi detido preventivamente em 18 de junho em Atibaia, no interior de São Paulo. Estava em 1 imóvel do advogado Frederick Wassef, advogado de Flávio e de Jair Bolsonaro.

Eis a íntegra da decisão que autorizou a prisão preventiva.

De acordo com decisão do STJ, Queiroz só deve ficar de fato em liberdade depois que o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes publicar nova decisão sobre o caso. 

Queiroz e Márcia estão em prisão domiciliar desde julho do ano passado, por ordem do ministro João Otávio de Noronha, do STJ, validada também por Mendes. 

O ex-assessor e a esposa fazem o uso da tornozeleira eletrônica e estão proibidos de entrar em contato com outros investigados no inquérito.

A defesa de Queiroz argumentou que o julgamento do STJ produz efeitos imediatos, ou seja, sem necessidade de nova confirmação do STF.

Continuar lendo
- Advertisment -

Popular

Laudos da Anvisa apontam ao menos 15 pontos críticos sobre vacina Sputnik V

Documentos internos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) apontam pelo menos 15 pontos críticos que podem comprometer a qualidade, a segurança e a...

Câmara volta a discutir PEC da 2ª Instância e comissão terá novo presidente

A comissão especial da Câmara que discute a PEC (proposta de emenda à Constituição) 199 de 2019, que estabelece o início do cumprimento de...

Justiça manda Band Rio reduzir tempo cedido a igrejas na programação da TV

A Justiça Federal do Rio de Janeiro determinou que a TV Bandeirantes no Estado reduza o tempo cedido a instituições religiosas na programação. De...

STF decide que plenário pode analisar anulação das condenações de Lula

O STF (Supremo Tribunal Federal) formou maioria, nesta 4ª feira (14.abr.2021), para o entendimento de que plenário da Corte tem competência para julgar a...