28.2 C
Brasil
quinta-feira, abril 22, 2021
Início Justiça STF – Tribunal prorroga julgamentos por videoconferência até 30 de abril

STF – Tribunal prorroga julgamentos por videoconferência até 30 de abril

As sessões de julgamento por videoconferência do Superior Tribunal de Justiça (STJ) foram prorrogadas até 30 de abril. A medida foi adotada por meio da Resolução STJ/GP 6/2021, assinada pelo presidente da corte, ministro Humberto Martins.

Em vigor desde abril do ano passado, as sessões ordinárias e extraordinárias por videoconferência foram implementadas como uma das medidas de enfrentamento à pandemia da Covid-19. As ações de prevenção são reavaliadas regularmente pela Presidência do tribunal, a partir do cenário pandêmico e das informações prestadas pelas autoridades de saúde do país.

Por meio da Resolução STJ/GP 19/2020, foram estabelecidas medidas voltadas para a prevenção do contágio pelo novo coronavírus, como a suspensão de serviços não essenciais no espaço físico da corte superior e a adoção do trabalho remoto para pessoas enquadradas no grupo de risco da doença.​

Fonte: STF
- Advertisment -

Popular

MP-RJ recorre decisão que anulou quebra de sigilo no caso das “rachadinhas”

O MP-RJ (Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro) recorreu na 4ª feira (21.abr.2021) contra a decisão do ministro Jorge Mussi, vice-presidente do...

STF decide que processos de Lula vão para Justiça Federal do DF

Por maioria de votos, o STF (Supremo Tribunal Federal) decidiu, nesta 5ª feira (22.abr.2021), que os processos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva...

Ao vivo: STF retoma julgamento sobre anulação das condenações de Lula

O plenário do STF (Supremo Tribunal Federal) continua, nesta 5ª feira (22.abr.2021) o julgamento que confirmou a anulação das condenações do ex-presidente Lula.Falta analisar um...

Receita Federal publica novas regras sobre documentos digitais

Instrução normativa dispõe sobre a entrega de documentos e a interação eletrônica em processos digitais e simplifica procedimentos. A Receita Federal publicou na última terça-feira...