35.1 C
Brasil
quinta-feira, junho 24, 2021
Início Justiça Salles entrega celular à PF 19 dias depois de ser alvo de...

Salles entrega celular à PF 19 dias depois de ser alvo de operação

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, entregou seu celular à PF (Polícia Federal) nesta 2ª feira (2.jun.2021), 19 dias depois de ser alvo de buscas e apreensões na Operação Akuanduba, deflagrada no dia 19 de maio.

Em petição apresentada ao STF (Supremo Tribunal Federal), a defesa de Salles informa que o ministro “pediu o acautelamento do aparelho celular, que não foi requerido na data da diligência realizada”.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

O informe sobre a entrega do celular ocorreu após o ministro Alexandre de Moraes, relator dos autos da Akuanduba, encaminhar à PGR (Procuradoria-Geral da República) notícia-crime que acusava Salles de obstrução de Justiça. O envio é praxe.

A peça foi elaborada por uma advogada que não tem relação com o caso. Ela citou reportagem do Jornal Nacional exibida no dia 24 de maio pela Rede Globo sobre suposta negativa de Salles em entregar seu aparelho celular.

A Operação Akuanduba apura a suspeita de advocacia administrativa (uso da administração pública para defesa de interesses particulares) e favorecimento de exploração ilegal de madeira na Amazônia. A investigação quebrou os sigilos fiscal e bancário de Salles no mês passado.

O ministro do Meio Ambiente classificou a diligência como desnecessária e negou irregularidades.

- Advertisment -

Popular

Fachin e Moraes votam para suspender convocação de governadores pela CPI

Os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), acompanharam a ministra Rosa Weber e votaram nesta 5ª feira (24.jun.2021) para suspender...

Fachin vota para suspender convocação de governadores pela CPI da Covid

O Ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), acompanhou a ministra Rosa Weber e votou nesta 5ª feira (24.jun.2021) para suspender a convocação...

Fase de transição em São Paulo é prorrogada até 15 de julho

A cidade de São Paulo continuará em fase de transição até 15 de julho. A atualização do Plano São Paulo foi feita nesta quarta-feira (23), durante entrevista coletiva...

Aprimoradas as regras do Benefício de Prestação Continuada e criado o auxílio-inclusão

Presidente sanciona lei que aperfeiçoa critérios de renda do BPC e aumenta o valor para casos excepcionais Benefício de Prestação Continuada (BPC) teve as regras...