22.1 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Justiça Rússia classifica organização de Navalny como “extremista”

Rússia classifica organização de Navalny como “extremista”

Um tribunal de Moscou classificou nessa 4ª feira (9.jun.2021) como “extremista” a Fundação Anticorrupção, organização do opositor do governo Alexei Navalny. A decisão inviabiliza as pretensões políticas de seus aliados, uma vez que proíbe a entidade e seus membros de participarem nas próximas eleições parlamentares, marcadas para setembro.

Quando a corrupção é a base do governo, os que lutam contra ela são considerados extremistas”, escreveu Navalny em seu perfil no Instagram.

Segundo ele, o julgamento foi realizado sem sua a presença e todos os documentos do processo estão sob sigilo. Ivan Pavlov, advogado responsável pelo caso, afirmou que apelará ao Tribunal Europeu de Direitos Humanos.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

Com a decisão, funcionários e apoiadores da fundação estão sujeitos a sentenças de mais de uma década de prisão e multas.

Não somos um nome, nem um pedaço de papel, nem um escritório. Somos um grupo de pessoas que unem e organizam os cidadãos da Rússia que são contra a corrupção para conseguir tribunais justos e igualdade de todos perante a lei. (…) E não iremos a lugar nenhum”, escreveu Navalny.

O opositor está preso desde janeiro, quando retornou à Rússia, vindo da Alemanha –onde esteve por 5 meses, recuperando-se de um envenenamento. Ele foi condenado a 2 anos e meio de prisão por violação de uma condenação, com a pena suspensa, que o impedia de deixar a Rússia.

Navalny é o crítico mais importante de Vladimir Putin na Rússia. Ele acusa o presidente russo de usar o aparato do Estado para detê-lo e também o culpou pelo seu envenenamento no ano passado.

- Advertisment -

Popular

Presidente da ANPR defende fim da recondução do PGR e mandatos maiores

O novo presidente da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), Ubiratan Cazetta, diz ser contrário à recondução do Procurador-Geral da República ao cargo....

Presidentes da Câmara, Senado, STF e STJ lamentam mortes; Bolsonaro silencia

Os presidentes Arthur Lira (Câmara), Rodrigo Pacheco (Senado), Luiz Fux (STF) e Humberto Martins (STJ) publicaram notas, separadamente, lamentando as 500 mil mortes pela...

Bolsonaro diz ao STF que Leite faz má-gestão, mas nega ter o acusado de crime

Em resposta enviada ao STF (Supremo Tribunal Federal), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB),...

Fundo de investimento compra OAS por R$ 4,5 bilhões

A OAS, que foi uma das maiores empreiteiras do Brasil, foi vendida para um fundo de investimentos por R$ 4,5 bilhões. Os detalhes da...