22.1 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Justiça Perfil falso foi acessado da casa de Bolsonaro e no Palácio do...

Perfil falso foi acessado da casa de Bolsonaro e no Palácio do Planalto

A Polícia Federal (PF) verificou que a conta de Instagram “Bolsonaro News” foi acessada pela rede de wifi do Palácio do Planalto e da casa do presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro. O perfil faz parte da rede de contas falsas derrubadas pelo Facebook em junho de 2020. A informação, publicada nesta 2ª feira (7.jun.2021), é do jornal O Estado de S. Paulo. 

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

Além dela, o perfil pessoal no Facebook do assessor do presidente, Tércio Arnaud Tomaz, também foi operado nos endereços. Tércio é apontado como integrante do “gabinete do ódio” e admitiu, em depoimento à PF, ter criado 6 páginas no Facebook que estão sendo investigadas no inquérito de atos considerados antidemocráticos. Entre elas, está a conta “Bolsonaro News”.

Segundo a PF, os acessos na casa do presidente da República ocorreram em 5 e 6 novembro de 2018. No Palácio do Planalto, o perfil “Bolsonaro News” foi acessado mais de 100 vezes entre novembro de 2018 e maio de 2019.

A descoberta consta em relatórios produzidos durante a apuração do inquérito, que utilizou como base um documento produzido pela Atlantic Council. A organização faz análises independentes de perfis de redes sociais que apresentam “comportamento inautêntico coordenado” e descreveu a conta “Bolsonaro News” como uma página que usa memes para atacar ex-aliados do presidente.

Investigação de perfis antidemocráticos

Durante a apuração do inquérito aberto em abril de 2020, a Polícia Federal focou no uso de redes sociais e na identificação de contas declaradas inautênticas pelo Facebook a partir do relatório da Atlantic Council. Após identificar 80 contas consideradas falsas responsáveis por disseminar informações antidemocráticas, a PF intimou as operadoras de internet a compartilhar os números de IP dos computadores usados para acessar esses perfis. Além disso, os dados usados nos cadastros dos IPs, incluindo o local de acesso, foram pedidos.

Ao menos 1.045 acessos desses perfis partiram de órgãos públicos como a Presidência da República, a Câmara dos Deputados, o Senado e o Comando da 1ª Brigada de Artilharia Antiaérea do Exército. Entre os acessos, está os que foram realizados na casa do presidente e no Palácio do Planalto.

 

 

 

 

 

- Advertisment -

Popular

Presidente da ANPR defende fim da recondução do PGR e mandatos maiores

O novo presidente da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), Ubiratan Cazetta, diz ser contrário à recondução do Procurador-Geral da República ao cargo....

Presidentes da Câmara, Senado, STF e STJ lamentam mortes; Bolsonaro silencia

Os presidentes Arthur Lira (Câmara), Rodrigo Pacheco (Senado), Luiz Fux (STF) e Humberto Martins (STJ) publicaram notas, separadamente, lamentando as 500 mil mortes pela...

Bolsonaro diz ao STF que Leite faz má-gestão, mas nega ter o acusado de crime

Em resposta enviada ao STF (Supremo Tribunal Federal), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB),...

Fundo de investimento compra OAS por R$ 4,5 bilhões

A OAS, que foi uma das maiores empreiteiras do Brasil, foi vendida para um fundo de investimentos por R$ 4,5 bilhões. Os detalhes da...