23.1 C
Brasil
domingo, abril 18, 2021
Início Justiça MP propõe multa de R$ 110 mil a Gabigol por flagrante em...

MP propõe multa de R$ 110 mil a Gabigol por flagrante em cassino

A promotora Regiane Vinche, do Ministério Público de São Paulo, propôs que Gabriel Barbosa de Almeida, o Gabigol, atacante do Flamengo, pague 100 salários mínimos por ter sido flagrado em um cassino clandestino no último domingo (14.mar.2021), em São Paulo. O valor, equivalente a R$ 110 mil. Seria entregue ao FMCA (Fundo Municipal da Criança e do Adolescente).

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

Em casos como o do atleta, que são crimes de menor potencial ofensivo, o MP e o acusado firmam acordo para o pagamento antecipado da multa. A proposta foi enviada pela promotoria nessa 5ª feira (18.mar) à tarde e o juiz designado para o caso vai decidir se aceita a proposta.

O jogador do Flamengo recebe cerca de R$ 1,2 milhão por mês. O valor da multa desse caso é o maior entre os 21 relacionados pelo MP. As demais penas costumam variar de meio (R$ 550) a 40 salários mínimos (R$ 44 mil).

Gabigol foi um dos flagrados em operação policial que contou com guardas civis, agentes sanitários e fiscais da prefeitura em um apartamento na Vila Olímpia, zona sul de São Paulo. A denúncia foi de que no local era realizada uma festa clandestina e aglomeração com cerca de 200 pessoas. Ele foi detido e encaminhado para a Delegacia de Crimes contra a Saúde Pública, no centro da capital paulista. Prestou esclarecimentos e foi liberado.

O responsável pelo local deve responder por crime contra a saúde pública, jogo de azar e contravenção. O cassino clandestino funcionava na altura do nº 250 da rua Alvorada, no bairro da Vila Olímpia, conhecido por seus bares, restaurante e casas noturnas.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), restringiu a circulação de pessoas das 23h às 5h para conter o avanço da pandemia no Estado. A medida está em vigor desde 26 de fevereiro. O descumprimento pode ser punido com multa. Aglomerações são proibidas em qualquer horário.

- Advertisment -

Popular

Conheça as acusações contra o fundador das Casas Bahia por abuso sexual

Morto em 2014, o fundador da rede varejista Casas Bahia, Samuel Klein, pode ter usado seu poder para manter um esquema de aliciamento de...

Saiba as acusações contra o fundador das Casas Bahia por abuso sexual

Morto em 2014, o fundador da rede varejista Casas Bahia, Samuel Klein, pode ter usado seu poder para manter um esquema de aliciamento de...

Saiba as acusações contra o fundador das Casas Bahia por abuso sexual

Morto em 2014, o fundador da rede varejista Casas Bahia, Samuel Klein, pode ter usado seu poder para manter um esquema de aliciamento de...

Saiba as acusações de abuso sexual contra o fundador das Casas Bahia

Morto em 2014, o fundador da rede varejista Casas Bahia, Samuel Klein, pode ter usado seu poder para manter um esquema de aliciamento de...