35.1 C
Brasil
quinta-feira, junho 24, 2021
Início Justiça Corte internacional mantém prisão perpétua para sérvio “açougueiro dos Balcãs”

Corte internacional mantém prisão perpétua para sérvio “açougueiro dos Balcãs”

Juízes do Mecanismo Residual Internacional para Tribunais Criminais, tribunal internacional da ONU (Organização das Nações Unidas), negaram recurso do ex-líder militar sérvio Ratko Mladić e mantiveram sua condenação de prisão perpétua. Não cabe outros recursos da decisão.

Conhecido como “açougueiro dos Balcãs”, Mladić comandou o Estado Maior do Exército da Sérvia, de 1992 até 1996. Foi condenado pela corte internacional por genocídio, crimes contra a humanidade e violações das leis ou costumes de guerra.

A 1ª condenação foi decidida em novembro de 2017, pelo TPIJ (Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia). A corte conclui que o ex-militar cometeu crimes durante a guerra da Bósnia (1992-1995). O tribunal o condenou pelo massacre de Srebrenica, o pior já ocorrido na Europa desde a 2ª Guerra Mundial, com mais de 8.000 mortos. Também houve responsabilização pelas ações para remover muçulmanos e croatas do alegado território sérvio na Bósnia e Herzegovina, por espalhar o terror entre a população civil de Saravejo por meio de uma campanha de tiros e bombardeio.

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

O promotor-chefe do Mecanismo Residual Internacional para Tribunais Criminais, Serge Brammertz, disse, em comunicado, que Mladić está entre os criminosos de guerra mais notórios da história moderna, e que ele foi considerado culpado por comandar “campanhas violentas de limpeza étnica” em toda a Bósnia e Herzegovina de 1992 a 1995.

“Ele intencionalmente usou seu comando militar para atacar, matar, torturar, estuprar e expulsar civis inocentes por nenhuma outra razão além de sua etnia e religião. Ele inflamou o ódio étnico e mentiu para aqueles que pretendia defender para justificar seus crimes. Dado o poder de vida ou morte sobre milhares de homens e meninos inocentes em Srebrenica, ele ordenou sua eliminação total e cometeu genocídio. Seu nome deve ser consignado na lista das figuras mais depravadas e bárbaras da história”, declarou o promotor.

Brammertz também disse que a Justiça ainda precisa ser alcançada. “Em toda a ex-Iugoslávia, milhares de suspeitos de crimes de guerra de todos os lados ainda precisam ser investigados e processados. Os promotores e juízes nacionais agora têm a responsabilidade de continuar esse trabalho”. 

- Advertisment -

Popular

MP junto ao TCU pede investigação sobre compra da Covaxin

O Ministério Público junto ao TCU (Tribunal de Contas da União) pediu nesta 5ª feira (24.jun.2021) a abertura de uma investigação para apurar suspeitas...

Ao vivo: STF julga ação que questiona trecho do Código Tributário

O STF (Supremo Tribunal Federal) retoma, nesta 4ª feira (23.jun.2021), julgamento para decidir se é constitucional trecho do Código Tributário que estabelece a preferência da União...

Fachin e Moraes votam para suspender convocação de governadores pela CPI

Os ministros Edson Fachin e Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), acompanharam a ministra Rosa Weber e votaram nesta 5ª feira (24.jun.2021) para suspender...

Fachin vota para suspender convocação de governadores pela CPI da Covid

O Ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), acompanhou a ministra Rosa Weber e votou nesta 5ª feira (24.jun.2021) para suspender a convocação...