26.3 C
Brasil
domingo, junho 20, 2021
Início Justiça Congressistas do Psol acionam PGR contra Bolsonaro por homofobia

Congressistas do Psol acionam PGR contra Bolsonaro por homofobia

A vereadora de São Paulo Érika Hilton (Psol) e o deputado distrital Fabio Felix (PSOL) encaminharam notícia-crime à PGR (Procuradoria-Geral da República) contra o presidente Jair Bolsonaro. Afirmam que ele cometeu homofobia durante live realizada na última 5ª feira (27.mai.2021). Eis a íntegra (369 KB).

.mod-newsletter.full .title, .mod-newsletter.full h1 {font-size:18px;text-transform:none;} input.submit{margin-top: 0.2px !important;} .mod-newsletter.full .title small, .mod-newsletter.full h1 small{font-size:16px;}.mod-newsletter .title, .mod-newsletter
h1{font-family:”Prelo”,sans-serif;}.mod-newsletter.full input[type=text]{font-size:14px;padding: 10px 7px;}.mod-newsletter.full input[type=submit] {padding:9px 0;margin-top:-21px}.mod-newsletter.full {margin:15px 10px; padding:20px 15px 15px; border: 1px solid #d2d2d2; background:transparent; background-color#fff;}.enviar .container {width:100%;}.content.wp h1, .content.wp h2 .enviar{margin:0;}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1{font-size:15px;}}@media only screen and (max-width: 1279px){.mod-newsletter.full h1 small{font-size:14px;}}@media only screen and (max-width: 767px){.mod-newsletter.full h1 {padding-bottom:11px;}}

Receba a newsletter do Poder360

Na transmissão, Bolsonaro chamou o senador Randolfe Rodrigues (Rede) de “saltitante“. O congressista havia apresentado requerimento para o presidente prestar depoimento na CPI da Covid. “Agora, tem uma saltitante que queria me convocar. É brincadeira, né? Ô saltitante, está de brincadeira. Não tem o que fazer não, saltitante?”, disse.

Erika e Felix afirmam que o presidente cometeu homofobia, crime que foi equiparado ao racismo pelo STF (Supremo Tribunal Federal) em 2019. Pedem que a PGR abra um inquérito para apurar o caso.

O uso de palavras no feminino e termos pejorativamente associados a pessoas homossexuais evidenciam a tentativa de menosprezo em relação ao responsável pela convocação, associando-o a condições que, no entendimento do Presidente e parte de seu eleitorado, são dignas de demérito e zombaria“, dizem.

Não há prazo para a PGR avaliar o pedido. Normalmente, a Procuradoria recebe a notícia-crime e apura se há, no caso, indícios suficientes para a abertura formal de uma investigação. Se não houver, a manifestação é arquivada.

- Advertisment -

Popular

Presidente da ANPR defende fim da recondução do PGR e mandatos maiores

O novo presidente da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), Ubiratan Cazetta, diz ser contrário à recondução do Procurador-Geral da República ao cargo....

Presidentes da Câmara, Senado, STF e STJ lamentam mortes; Bolsonaro silencia

Os presidentes Arthur Lira (Câmara), Rodrigo Pacheco (Senado), Luiz Fux (STF) e Humberto Martins (STJ) publicaram notas, separadamente, lamentando as 500 mil mortes pela...

Bolsonaro diz ao STF que Leite faz má-gestão, mas nega ter o acusado de crime

Em resposta enviada ao STF (Supremo Tribunal Federal), o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB),...

Fundo de investimento compra OAS por R$ 4,5 bilhões

A OAS, que foi uma das maiores empreiteiras do Brasil, foi vendida para um fundo de investimentos por R$ 4,5 bilhões. Os detalhes da...